Quando você deve usar uma Landing Page vs. Website? Um Guia incrivelmente claro para ajudá-lo a decidir

Se você é como a maioria dos empresários, você provavelmente gastou muito tempo pensando em seu Website.

 

“É como seu cartão de visitas virtual”, “ou sua loja”, “ou simplesmente a primeira impressão que você apresenta para o mundo online, aposto que você provavelmente já ouviu isto antes.

 

Faz sentido. Mas, em seguida, em algum momento, você descobre sobre páginas de destino ou Landing Pages. E você ouve as mesmas comparações, os mesmo conselhos.

 

No mínimo, isso complica o quadro. O que você faz agora? Você realmente precisa de ambos os tipos de páginas? Como você descobre onde você deve usar uma Landing Page vs. Website?

 

Em primeiro lugar, algumas definições claras precisam estar em ordem.

 

Landing Page vs. Website?

 

Um bom Website normalmente faz as seguintes coisas:

  • Ocupa seu domínio raiz (pense em www.seuwebsite.com.br)
  • Dá uma visão abrangente do que sua empresa faz
  • Conecta-se à todas as outras páginas permanentes e importantes do seu site
  • Informa os visitantes como se conectar com você de outras formas (como entrar em contato com você pessoalmente ou segui-lo nas mídias sociais)

 

Uma Página de destino (Landing Page), por outro lado, mais frequentemente:

 

website-alto-retorno-investimentoÉ projetada para receber o tráfego de uma ou várias fontes específicas (tais como uma campanha publicitária ou e-mail) –por isto o “destino” no nome…

  • Solicita que os visitantes tomem uma ação bem definida
  •  Permanece focado em um único tópico ou uma oferta em toda a página
  •  Omite ou minimiza opções de navegação
  •  Não tem necessariamente a intenção de ser uma parte permanente de seu site

O preposto acima faz você começar na direção certa.

 

Mas, pessoalmente, acho que as coisas realmente começam a se tornar claras uma vez que você mergulhe em cenários específicos, e é o que vamos fazer abaixo.

 

Landing Page vs. Website: quando usar cada um?

 

Tudo depende do que você está tentando alcançar. Vamos considerar alguns dos cenários mais comuns que são susceptíveis de clarificar esta questão.

 

Quando você está colocando online, o seu negócio, pela primeira vez.

 

Landing Page ou website? Website-talvez.

 

Por quê? Um website é o ponto de partida natural quando você não tem um website. E se você tem uma maneira simples de construir um site, normalmente faz sentido ir adiante, estabelecer uma homepage básica, e expandir o seu site a partir daí.

 

Mas nem toda empresa faz isso dessa maneira. Se você quiser apenas criar uma porta de entrada rápida, eficaz e de boa aparência para o seu negócio, então pode realmente fazer mais sentido usar um construtor de Landing Pages, fácil como Leadpages para criar uma Landing Page – Mini site. (Ou ainda contratar um profissional Leadpages, assim você irá ganhar tempo, já que você não terá que aprender por si mesmo como usar LeadPages, que apesar de ser algo relativamente fácil, é coisa para NERDS)

O que é um mini site? Pense nisso desta maneira. Considerando um website de negócios tradicional, onde você pode dedicar páginas diferentes para cada assunto, por exemplo, uma página para os seus serviços, outra para o pessoal, localização, depoimentos, e talvez até mesmo uma oferta especial e então conectar estas diversas páginas em sua barra de navegação, um mini site, por sua vez, abrange todos estes detalhes importantes em diferentes seções de uma única página.

Aqui está um exemplo de um mini site. Eu utilizo este mini site para apresentar meus serviços de customização de Landing Pages.

Abaixo está outro exemplo de um mini site.

landing-page-minisite-dentista

 

Solicitando um profissional credenciado Leadpages para criar o seu Mini site, ou ainda, criando-o você mesmo, o que importa é que a criação de uma página como esta pode ser muito mais rápida do que a construção de um Website, como parte de uma estratégia de posicionamento online de seu negócio, seja ele digital ou tradicional. E isso pode ser mais eficaz. Observe que esta página lidera os visitantes com uma chamada para a ação em destaque: optar por obter uma lista de dicas sobre clareamento dos dentes.

 

Se um visitante do site opta por esta oferta (a lista de dicas sobre clareamento dos dentes), e em seguida, sai imediatamente do site, a clínica dentária ainda pode comunicar-se com ele via e-mail e incentivá-lo a ligar e agendar uma consulta, pois o e mail do visitante foi capturado em troca do guia sobre clareamento dental. Eles não teriam essa oportunidade se tivessem escolhido um Website tradicional que somente permite às pessoas fazerem um agendamento de consulta.

 

Quando Você está listando informações Básicas sobre seu Negócio

 

Landing Page ou Website? Website.

 

Por quê? Seu endereço, número de telefone, horário de funcionamento, estacionamento informações, nomes de funcionários … detalhes logísticos como estes não requerem uma Landing Page orientada para a ação. Os visitantes vão utilizar sobre estas informações off-line, entrando em contato ou visitando você.

 

Ainda assim, considere de alguma maneira fazer a adição de uma oportunidade de opt-in à sua página ao lado de detalhes básicos como este, uma chamada para ação pode lhe fornecer uma fonte incremental, mas constante de novos leads.

websitesincriveis

 

Quando você está divulgando sua presença online nos seus perfis nas Mídias Sociais (ou qualquer outro lugar)

 

Landing Page ou Website? Um Website bem otimizado é provavelmente o suficiente. Mas uma Landing Page poderia ser ainda melhor.

 

Por quê? Quando as pessoas clicam para ir para seu site à partir de plataformas como o Facebook, Twitter, ou Pinterest, provavelmente eles estão à espera de encontrar seu Website. E se essa homepage é uma homepage envolvente, provavelmente você estará se saindo muito bem.

 

Mas pode haver espaço para otimizar ainda mais. Você pode dar aos seus seguidores de mídia social, a sensação de que eles estão em algo especial, com a criação de páginas de destino com um bônus feito para cada canal de mídia. Aqui está um exemplo:

landing-page-midias-sociais

 

Uma página como esta é uma ferramenta que você pode usar para mover o tráfego a partir do canal “emprestado” da mídia social para o canal de sua “propriedade” que é a sua lista de e-mail onde você pode mostrar o seu público exatamente o conteúdo que você quer que eles vejam, e o melhor, quando você quiser que eles vejam.

 

Você pode até mesmo usar esta tática offline. Pense em seus cartões de visita, brochuras, folhetos e outros ativos de impressão. Você vai querer ter certeza que cada um contém, pelo menos, um link para a sua homepage.

 

Pense bem, existe um ativo melhor do que este para mostrar ao público que receberá sua mídia impressa? Em alguns casos, pense em conferências, eventos e outros locais em que você estará distribuindo informações para um grupo limitado de pessoas, direcioná-los para uma Landing Page pode ser a melhor maneira de entregar as informações que você deseja.

 

Quando você está exibindo anúncios no Facebook (ou outra campanha de mídia social paga)

 

Landing Page ou Website? Landing Page.

 

Por quê? A menos que você tenha um modelo de negócios cativante e exclusivo (neste caso você provavelmente está obtendo atenção abundante da imprensa, fato que você pode aproveitar), simplesmente informar as pessoas de que a sua empresa existe raramente é um abordagem eficaz para suas campanhas pagas em mídias sociais. Os usuários do Facebook não vem para Facebook com o propósito de olhar os seus anúncios, por este motivo, geralmente, eles precisarão de um empurrãozinho extra para levá-los a clicar e, em seguida, conectar-se com você.

 

funil-vendas-facebook-landing-page A melhor maneira de fazer isso: oferecer algo especial, como um brinde (como visto no exemplo do consultório dentário acima), um bônus de inscrição, ou um desconto de tempo limitado. E enquanto você pode certamente colocar coisas deste tipo no seu website, você terá muito mais espaço para causar um impacto, e o melhor, sem oferecer distrações, usando uma Landing Page.

 

Além disso, quando você usa uma página projetada apenas para uma determinada campanha, você pode acompanhar o seu sucesso muito mais facilmente: basta instalar um pixel do Google ou Bing Analytics e olhar para seu painel de administração para ver quantas pessoas estão se inscrevendo na sua lista ou fazendo uma compra.

 

Quando você está correndo uma campanha de pesquisa paga – como Google Adwords

 

Landing Page ou Website? Landing Page (geralmente).

Por quê? Os mesmos fatores que tornam as páginas de destino uma boa escolha para campanhas pagas em mídias sociais, tornam-nas uma escolha sábia para campanhas / PPC Google AdWords. Você provavelmente está escolhendo palavras-chave que se relacionam com coisas específicas que sua empresa oferece, e uma Landing Page lhe dá espaço para ser tão específico quanto você precisar.

 

Por exemplo, vamos imaginar que o consultório dentário acima queira lançar uma campanha de AdWords para promover seus novos serviços de sedação odontológica. Ao invés de refazer o seu Website tradicional visando se concentrar em sedação odontológica (o que eles fatalmente teriam que fazer, a fim de obter uma pontuação de boa qualidade no AdWords), a sua equipe de marketing pode criar, ou ainda contratar um profissional especialista em LeadPages, e adquirir uma Landing Page apenas para este serviço. Leadpages oferece modelos projetados para suportar o tipo de conteúdo e opções de navegação que o Google prefere.

 

Uma possível exceção: se você estiver fazendo anúncios pagos em site de busca e seu alvo possui palavras-chave não muito específicas (por exemplo “restaurantes próximos a mim”), e seu objetivo é simplesmente anunciar que você existe, seu restaurante é bom, e você está perto. Nesse caso, direcionar anúncios para um homepage de alta qualidade ou para mini site são ambos susceptíveis de funcionar bem.

 

O mesmo vale para SEO orgânico.

 

Nota:  SEO significa Search Engine Optmization, é somente uma maneira engraçada de dizer “faça seus website aparecer em destaque no ranking dos mecanismos de buscas, e quando alguém digitar palavras chave relevantes eles encontrarão links para o seu site e seus artigos”

 

Primeiro, considere a palavra chave que você está mirando. Se ela for relativamente específica em comparação com a sua indústria como um todo, aproveite a oportunidade para criar um conteúdo rico, otimizado para a pesquisas em torno dela em uma Landing Page (ou, potencialmente, uma Landing Page disfarçada de blog post, certificando-se que a Landing Page contém uma proeminente chamada para ação).

 

Quando você está exibindo anúncios de remarketing

 

Landing Page ou Website? Depende.

 

Por quê? Usar ou não uma Landing Page para anúncios de redirecionamento, vai depender do quanto você sabe sobre o público alvo de seu remarketing, e do quanto você sabe sobre o engajamento deles com o seu site, em sua primeira visita.

 

Por exemplo, se eles mostraram interesse em uma determinada categoria de produtos ou serviços que você oferece, ou mesmo um artigo específico do blog – você terá mais sucesso se configurar o redirecionamento dos anúncios para uma página relacionada.

 

Vamos supor que alguém tenha apenas visitado o seu Website, porém você não tem informação suficiente para saber o que mais interessou à ele, então você deveria considerar publicar anúncios para uma Landing Page que represente a sua oferta de maior sucesso, a oferta mais universalmente atraente que você tenha. Quando a resposta não é óbvia, vale sempre a pena testar ambas opções para descobrir com certeza qual a melhor.

 

Quando você está lançando algo novo

 

Landing Page ou Website? Landing Page.

 

Por quê? Quer se trate de um webinar, um evento ao vivo, uma grande venda, um novo livro, ou um novo projeto conjunto, a sua próxima “grande coisa” será melhor apresentada por uma Landing Page. Uma boa Landing Page é o lugar onde os visitantes podem canalizar o seu entusiasmo sobre algo novo em uma ação imediata, proporcionando resultados imediatos para você.

 

Então, quando você deve usar uma Landing Page ou Website?

 

Resumindo:

 

Quando você pode identificar exatamente a ação que você deseja que seu público tome: mostre-lhes uma Landing Page.

 

Quando você não pode: neste caso um Website vai bem, mas certifique-se de, pelo menos, permitir uma ação. De uma forma ou de outra, você quer seus visitantes mais entusiasmados tenham uma maneira de se conectar com você o mais rápido possível, antes que o entusiasmo se desvaneça.

Você tem quaisquer outros dilemas sobre quando usar uma Landing Page ou Website?

 

Envie-nos um e-mail: contato@websitesincriveis.com.br